HÉRNIA DE DISCO. NÓS SABEMOS O QUE É?

Daniele Schiavon

HÉRNIA DE DISCO. NÓS SABEMOS O QUE É?

Soubemos recentemente que o jornalista Dony de Nuccio e a cantora Anitta sofrem com hérnias de disco. Certamente você conhece alguém que tem, ou, ouviu falar de alguém, mas, você sabe o que realmente é a coisa?

Nossa coluna possui trinta e três vértebras, e seus discos, conhecidos também como discos invertebrados, que são “pequenos colchões de água” que absorvem os impactos. A hérnia de disco é a “saída” do líquido pulposo, ou parte dele, do interior desses discos invertebrais. Isso acontece pelo envelhecimento ou degeneração do disco - origem crônica - ou trauma por movimento ou impacto súbito - origem aguda.

Os sintomas são divididos pelo tipo de hérnia de disco: da região cervical, torácica ou lombar. Para a hérnia de disco cervical, os sintomas mais comuns são a dificuldade de movimentar o pescoço, dor forte no braço, dormência ou formigamento no ombro, braço, mão e dedos - perda de força no braço. Na torácica, a dor se irradia para as costelas e há perda de força nas pernas. Já na lombar, a dificuldade para andar e flexionar a coluna é latente, além de dor ao espirrar ou carregar pesos, com dor no quadril, coxas e região lombar.

Na maioria dos casos a eliminação da dor é por tratamentos tradicionais, como a osteopatia, fisioterapia e acupuntura, sem necessidade de cirurgia. O tratamento deve ser iniciado na primeira crise e, o paciente precisa mudar alguns hábitos do dia a dia, tais como deixar de lado a má postura, não ficar sentado por muito tempo, evitar o sedentarismo, reduzir e evitar ganho de peso corporal e fazer menos esforço físico – o excesso é muito prejudicial.

Se você é de Americana ou região e sofre com as dores da hérnia de disco, pode agendar sua avaliação aqui na Clínica Daniele Schiavon. Somos especialistas em tratamentos para o alívio da dor, e em recuperação de lesões na coluna.

Gostou? Compartilhe: