OS MARCOS DE UM DESENVOLVIMENTO MOTOR NORMAL

Ariane Venceslau

OS MARCOS DE UM DESENVOLVIMENTO MOTOR NORMAL

Um ponto de vista fisioterapêutico e a prevenção.

Para a mamãe identificar uma alteração no desenvolvimento motor de uma criança, é necessário saber sobre o que é um desenvolvimento motor normal, suas fases, para ter a base que é a utilizada como um instrumento numa avaliação do especialista. Assim, deve-se saber dos marcos mais importantes dessa fase – e que deve ser observado durante os primeiros dois anos de vida.

Ao nascer, a criança possui vários reflexos primitivos que foram desenvolvidos durante a gestação, como o reflexo de busca, reflexo sugar-engolir, o reflexo do passo, entre outros. Num desenvolvimento normal os mesmos vêm e desaparecem a seu tempo. 

Já no 1º mês de vida, surge o elevar e rodar levemente a cabeça, e, do 2º ao 3º mês, passa de barriga para cima para barriga para baixo, mais alinhamento da cabeça. Do 4º ao 5º é o controle cervical, o alcançar objetos com uma mão, e o pé na boca. Então, do 6º ao 7º mês, é a posição sentada, é o rolar a barriga para baixo, e, tenta se erguer para sentar. No 8º e 9º mês, sai de sentado para engatinhar, de deitado para sentado, e, arrasta-se, engatinha e apoia-se para ficar de pé. Entre o 10º e 11º mês, anda de lado, se locomove com auxílio, apoia-se em um joelho. Se seguro pelas mãos, anda. Com o 12º mês, é o andar independente, e, quando em pé, abaixa-se, e ou agacha e se levanta novamente.

Esses são os principais marcos motores do desenvolvimento. Quando percebido qualquer atraso se faz necessário a avaliação de um fisioterapeuta com especialização no infantil. Investigar e intervir sempre o mais rápido possível.

Gostou? Compartilhe: