MUITO “TEMPO DE TELA”.

Milena Almeida

MUITO “TEMPO DE TELA”.

COMO PROTEGER MEUS OLHOS?

Ainda não sabemos exatamente todos os efeitos do “mundo digital” sobre a saúde ocular, mas, já observamos um aumento na procura por consulta oftalmológica, com queixas correlacionadas, tais como: “sinto muito cansaço nas vistas”, “uso muito computador, acho que meu grau aumentou”, “meu filho só fica no celular”, dentre outras. Sempre presente o aumento no tempo na frente das telas eletrônicas.

Quando ficamos muito tempo concentrados em alguma atividade, nas telas, predomina a tendência de diminuição da frequência do piscar. Isso prejudica a renovação da lágrima, e, piora a lubrificação do olho. Por isso ocorre a ardência ocular, a sensação de areia nos olhos, e a sensação de secura ocular - sintomas muito comuns, no caso.

Além disso, a musculatura da região periocular fica contraída, nesses momentos de muita concentração visual, o que pode causar uma tensão excessiva, levando às “dores de cabeça”.

Outro problema relacionado a essa demanda visual acentuada é o grau dos óculos – quando defasado. Os erros refrativos - miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia - por mínimos que sejam, fazem diferença nessa conjuntura. Quando não demandamos muito dos nossos olhos, dificilmente perceberemos pequenas diferenças de grau, mas, quando esse “uso” dos olhos é muito exigido, qualquer “0.25” pode causar a fadiga visual.

Também estamos vendo um aumento da progressão dos casos de miopia, principalmente em crianças. A miopia é um distúrbio ocular, onde há dificuldade para enxergar objetos que estão mais longe. Quando usamos muito as telas eletrônicas, forçamos mais a musculatura responsável por focalizar imagens, que estão perto, e que, no que a longo prazo também afeta e dificulta a visão de objetos à distância.

Então, aqui vão algumas dicas para evitar, ou controlar, esses problemas - que surgem com o nosso mundo digital:

  • Lembre-se de piscar frequentemente;
  • Dê pausas de pelo menos cinco minutos, a cada hora de uso de telas. Você pode simplesmente ficar com os olhos fechados, ir na janela e olhar o horizonte, ou fazer alguma atividade que não exija concentração visual;
  • Intercale o uso de telas com atividades ao ar livre;
  • Reduza a iluminação do ambiente enquanto estiver usando o computador;
  • Reduza o nível de brilho dos aparelhos. Você pode instalar telas antirreflexo nos monitores, ou mesmo colocar filtros antirreflexos e/ou filtros contra luz azul nos óculos;
  • Se o desconforto e a fadiga visual persistirem, consulte o oftalmologista. Além disso, faça consultas regulares para atualizar o grau dos óculos.

 

 

Você pode se interessar: DICAS PARA UMA BOA SAÚDE OCULAR

Gostou? Compartilhe: