ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA EM CASOS DE PÉ TORTO CONGÊNITO

Ariane Venceslau

ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA EM CASOS DE PÉ TORTO CONGÊNITO

Bastante saudável para a criança é iniciar o tratamento logo após o nascimento.

O pé torto congênito é uma deformidade ortopédica caracterizada principalmente pelo pé equino-varo, pé talo valgo, pé talo vertical e pé metatarso varo. O mais comum é o pé torto congênito equino-varo – os pés virados para dentro.

As causas podem ser por fatores genéticos, por posicionamento intra-uterino, deficiência vascular, inserções musculares anormais, infecções virais e ou alterações neurológicas. 

A deformidade é percebida logo após o nascimento, ou ainda, por ultrassonografia durante a gestação. 

São quatro os tipos: 
a) Idiopático: a rigidez e deformidades não se reduzem com manipulações; 
b) Teratológico: decorrente principalmente de mielomeningocele e artrogripose múltipla congênita com difícil resposta ao tratamento conservador; 
c) Postural: decorrente do posicionamento errado dentro do útero - não apresenta deformidades estruturais clássicas, com boa resposta ao tratamento conservador; 
d) Sindrômico: geralmente bilateral - faz parte de síndromes bem definidas, como a síndrome de Edward. 

Tratamento fisioterapêutico 

O tratamento deve ser iniciado logo após o nascimento - nessa fase a criança possuiu muita elasticidade ligamentar e ainda não tem alterações secundárias adaptativas. A correção se dá pelo alinhamento biomecânico normal, promove a mobilidade funcional e estimula o desenvolvimento motor. O tratamento deve basear-se em liberações da fáscia plantar, o que devolve a elasticidade e flexibilidade dos músculos e tecidos moles. Visa melhorar a movimentação funcional. Os alongamentos preparam os músculos para o treino de marcha. Em alguns casos se faz necessário o uso de gesso seriado e ou órtese de Denis Browne - prescritos pelo ortopedista. 

Para um futuro mais tranquilo para a criança é imprescindível que logo após o nascimento se inicie o tratamento conservador.

Gostou? Compartilhe: