A IMPORTÂNCIA DE TOCAR, DE SE CONHECER E CUIDAR

Emanuele Mendes

A IMPORTÂNCIA DE TOCAR, DE SE CONHECER E CUIDAR

OS CUIDADOS PSICOLÓGICOS DURANTE O TRATAMENTO DE CÂNCER DE MAMA

Qualquer coisa relacionada a essa “doença” é desagradável de se abordar, porém sabemos que é de extrema importância discorrer sobre isso, quanto mais informações temos, melhor é para saber lidar e passar por esse processo difícil - com maior discernimento.

Estatisticamente falando, nós mulheres, procuramos ajuda médica com maior frequência, com mais facilidade e intensidade quando comparadas aos homens, assim, conseguimos um aumento significativo no autocuidado, nas informações sobre prevenções, além dos diagnósticos e tratamentos precoces - evitando análises tardias, de qualquer doença.

Uma das doenças que mais afetam as mulheres no mundo é o câncer de mama, por esse motivo é tão importante e relevante o diagnóstico precoce, para que, o quanto antes, seja feito o tratamento adequado.    No nosso país, 28% dos novos casos de câncer são nas mamas - www.oncoguia.org.br, 2020.

Essa doença, em especifico, tende a desencadear instabilidade emocional, desde a descoberta até o decorrer do tratamento pré-estabelecido e a volta à rotina. Pode existir medo, preocupação e desespero, são emoções já frequentes no dia a dia, agravadas e acompanhadas dos sentimentos de insegurança, frustação e desesperança. Esses são os motivos a serem trabalhados, a instabilidade emocional pode afetar a percepção sobre a vida, sobre como enfrentar a doença, como lidar com as novas situações, a autoestima abalada e uma grande dificuldade em criar uma rotina, de sentir-se bem com o próprio corpo, de forma segura.

A compreensão da família frente às informações sobre a doença e tratamentos é de extrema importância nesse momento. Cada caso é um caso e os tratamentos podem ser bem específicos, podendo gerar algumas fragilidades e sensibilidades no decorrer do acompanhamento. Por esse motivo, toda ajuda dentro de casa é bem-vinda.

O escutar é essencial. Você não precisa opinar, mas precisa ao menos escutar. Em um momento de tanto medo e incertezas ter alguém para conversar faz toda diferença.

Muito importante a colaboração com os afazeres diários, nas rotinas da casa, da família. Se todos se reorganizarem e redistribuírem os afazeres não haverá “peso” para ninguém, e todos acabam ajudando-se.

O apoio da psicologia é de grande valia, desde os momentos da descoberta e durante todo o processo. Saber lidar com emoções desagradáveis, trabalhar as formas de enfrentar os seus medos, buscar cuidar da sua saúde mental, reconstruir ou reforçar a sua autoestima, tudo isso é a base a ser trabalhada para seu fortalecimento psicológico, afinal, a aceitação da doença e do complexo processo é um dos pontos mais relevantes. Busque maior compreensão sobre a doença. Entender o que está acontecendo, saber respeitar o tempo do tratamento e compreender seus estágios, os modos de funcionamento, são fatores importantes para lidar com tudo e de uma forma mais leve.

Quanto mais você compreender, mais saberá lidar e aceitar o momento.

Quanto mais se conhecer, mais forças terá para passar por esse processo.

Quanto mais forte estiver, menos irá se importar com as opiniões dos outros.

Quanto mais seus familiares souberem, mais irão entender a necessidade de te ajudar.

Quanto melhor você estiver, mais rápido tudo irá passar.

Gostou? Compartilhe:

Emanuele Mendes

Emanuele Mendes

CRP 06/109101

Psicóloga em Terapia Cognitivo Comportamental;
Pós-Graduada e Especialista em Orientação Profissional;
Especialista em Terapia Infantil;
Aplicação de testes WISC e WAIS;

Auriculoterapia Francesa
Psicoterapia Online

Crianças | Adolescentes | Adultos

Rua Luiza Meneghel Mancini, 72, Jardim Paulista | Americana

Telefone

(19) 99128.8837

Ver mais sobre: cancer de mama, outubro rosa, cancer de mama emocional, cancer de mama tratamento, cancer de mama psicologia, cancer de mama e psicologia, cancer de mama e sofrimento psicologico, saude da mulher