VAMOS FALAR SOBRE A QUIROPRAXIA

Bruno Mantovani de Barros

VAMOS FALAR SOBRE A QUIROPRAXIA

Com as mãos ou com equipamentos super tecnológicos.
 

Quem nunca se queixou de dores nas costas?
De causa multifatorial, a dor nas costas pode apresentar sintomas leves e até mesmo chegar a graves crises de dor – como as causadas, por exemplo, por uma hérnia discal. Segundo a Organização Mundial da Saúde - OMS, oito em cada dez pessoas sofrerão com dor nas costas em algum dia da sua vida. Mas, independentemente da gravidade, opções de bons tratamentos é o que não falta. E a quiropraxia é uma delas. Conhecida por fazer "ajustes" na coluna, a técnica utilizada pelo fisioterapeuta especialista consiste em movimento rápido e preciso, o que pode em algumas situações ser acompanhado de um estalo natural. O processo tende a encurtar o período da dor, propicia melhora no quadro geral e consequentemente o retorno mais breve do paciente para as suas atividades cotidianas.

Existem várias técnicas para aplicar a quiropraxia, utilizando desde ajustes feitos com as próprias mãos até o uso de macas elétricas de tração de última geração. O fundamental é definir um bom plano de tratamento, para que toda a sessão seja excelente para o paciente.

Além do foco no reduzir de dores nas costas, a quiropraxia devolve às articulações, a amplitude de movimentos, diminui a rigidez e os espasmos musculares, e o principal, proporciona a sensação de bem-estar e de relaxamento.

Devemos entender que a dor que sentimos é um sinal de alerta, sinal que nosso organismo nos envia avisando que há algo errado naquela região. Temos que aprender a “ouvi-lo” e buscar ajuda.

O tratamento é individual, aplicado pelo especialista, com toda segurança, sempre baseado na resposta que o organismo do paciente vai dar. Em muitos casos é possível eliminar as queixas durante uma única sessão.

Gostou? Compartilhe: