VOCÊ É SEU CORPO, SEU CORPO É VOCÊ

Roselea Balbinot

VOCÊ É SEU CORPO, SEU CORPO É VOCÊ

Como consequência das recentes inovações tecnológicas de grande impacto, sobretudo a internet, houve uma profunda alteração no estilo de vida das pessoas, que passou a ter um ritmo cada vez mais veloz, caracterizado pelo excessivo volume de informação e ênfase em aspectos racionais.

Atualmente há a exigência de performance em todas as áreas da vida,  a qual é incompatível com as necessidades físicas, mentais e emocionais humanas. Para tentar dar conta de tal realidade, o sujeito se distancia do seu mundo interno e, assim, ignora seu corpo, dando cada vez menos espaço para seus sentimentos e emoções. Ele adoece sem perceber.  

A competitividade do mercado de trabalho enfraquece as relações humanas, isolando as pessoas umas das outras. Desconectam-se de sua própria essência, autenticidade e espontaneidade, e passam a buscar o prazer no consumismo, o que gera mais insatisfação. 

Tamanho estresse gera tensões musculares crônicas e inconscientes, incapacidade de relaxamento mental, redução da vitalidade, limitação da auto expressão e somatização - além do surgimento de doenças, como a síndrome do pânico. 

A Bioenergética, que tem suas raízes na psicanálise, surge como instrumento moderno para unir mente e corpo. Partindo de um apurado trabalho analítico, que compreende a personalidade em termos de corpo e energia, tem como proposta promover a vitalidade do corpo, isto é, torná-lo vibrante, e, restabelecer a graça natural dos seus movimentos.  Ela abre  possibilidades de caminhos para a expressão de sentimentos e emoções, descongelando o corpo e relaxando as tensões musculares. Isso, por sua vez, reflete na ampliação da capacidade de dar e receber amor e, consequentemente, de se relacionar de maneira mais profunda e verdadeira consigo e com o outro.

Gostou? Compartilhe: