SUPLEMENTAÇÃO DE COLÁGENO FUNCIONA?

SUPLEMENTAÇÃO DE COLÁGENO FUNCIONA?

A SUPLEMENTAÇÃO PODE AJUDAR A PREVENIR EFEITOS DECORRENTES DESSE PROCESSO, COMO O ENVELHECIMENTO DA PELE E IMPACTO NA MOBILIDADE

Por Fbs Comunicação | Nestle

 

O que uma pele jovem tem e que se perde com o passar dos anos, causando o envelhecimento? A resposta é colágeno. E quem não gostaria de prolongar a juventude, não só por questões de estética, mas também por vitalidade, elasticidade e disposição?

A verdade é que muitos fatores influenciam para se prolongar os aspectos da juventude, seja por genética, prática de atividades físicas e, principalmente uma boa alimentação.

No entanto, ainda assim há perda de colágeno. Por isso a indústria tem feito diversas pesquisas e lançado produtos para fazer a suplementação desta proteína tão importante no corpo que é responsável por promover firmeza, elasticidade, força e estrutura ao nosso corpo. Mas será que fazer reposição funciona? Como e quando usar?

A nutricionista Bianca Naves explica que o colágeno compõe 70% da pele e 30% das proteínas do corpo e que a sua perda tem início a partir dos 25 anos de idade quando se estima que há uma queda de 2% ao ano dessa proteína, muito embora seja mais acentuada a partir dos 40 anos, quando os efeitos começam a ser sentidos.

"Com o envelhecimento, temos uma degeneração das fibras colágenas da pele e uma redução no processo de renovação celular, além da redução da síntese de colágeno e de elastina. Esse declínio está associado à parte estética, devido à perda da firmeza da pele, e também ligado ao surgimento de algumas doenças, como osteoartrite, osteoporose, hipertensão e até úlcera gástrica", diz Bianca.

A grande questão é: como repor o colágeno perdido?

Bianca Naves explica que há poucas evidências de que o aporte via alimentação regular, ou seja, sem a suplementação, tenha eficácia, pois é muito difícil a absorção dessa proteína pelo corpo.

A nossa alimentação, também, é naturalmente pobre em colágeno, que geralmente é encontrado em carnes vermelhas e frango (cartilagem e ossos) e peixes (pele, espinhas e cartilagens). Pensando que somente a alimentação não é suficiente, a suplementação oral é uma forma de repor o colágeno perdido. "Além de repor os estoques, a suplementação de colágeno hidrolisado (HC) é uma forma de prevenir o envelhecimento cutâneo e tem demonstrado efeitos funcionais e benéficos sobre a pele e saúde da mobilidade", diz a nutricionista.

 

Você pode adquirir o seu Colágeno com formulação exclusiva da SKIN NUTRACEUTICALS. Clique aqui.

 

Para obter resultados é preciso uma suplementação diária e prolongada. Alguns estudos mostram que o tempo necessário para começar a surtir efeito é de, no mínimo, 90 dias. Vale lembrar que deve ser associada a uma alimentação saudável, uma boa ingestão de água e um estilo de vida ativo.

"Em uma condição de desnutrição, sem aminoácidos suficientes, o organismo, caso receba a suplementação de colágeno, prioriza o uso onde são mais necessários, mesmo sendo uma fonte mais fraca. Nesse cenário, a pele e a saúde da mobilidade acabam tendo importância secundária. Assim, é necessário ter o organismo suprido em proteínas para somente então suplementar o colágeno com foco em suas funções desejadas", conclui Bianca.

 

Dessa forma, conforme o declínio da produção de colágeno pelo organismo, a suplementação torna-se fundamental para manter íntegras as suas funções e prevenir a ocorrência dessas condições e doenças que afetam não só a aparência, mas a mobilidade e qualidade de vida, especialmente no envelhecimento.

 

Acabar com o Bigode Chinês e Pé de Galinha é possível? 
Reduza a formação de rugas em até 40%.
Compre agora o seu Colágeno e ganhe até 53% de Desconto.

 

Gostou? Compartilhe: