O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES

Fernando Feitosa

O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES

E O QUE TEM A VER DENTES COM ENVELHECIMENTO FACIAL?

Nos tempos em que vivemos, o apelo para se buscar a estética se difundiu nas diversas áreas da saúde – é natural que todos nós, humanos, estejamos buscando algum retoque, alguma nova mudança, para nos tornamos mais jovens, mais bonitos e harmônicos – embora nos encontramos mais fechados, em casa. A pandemia mudou muito nossos hábitos, e fez com que olhássemos para nós mesmos, e para nosso interior, num processo de constante melhora humana.

A pandemia trouxe medo, mudança de humor e um certo estresse que é difícil de mensurar, ou analisar com precisão, pois afetou mais uns do que outros - embora afetou a vida de todos.

E mesmo com o uso das máscaras o público está pensando em estética. Tivemos um aumento na procura pelos trabalhos oferecidos pela clínica, mas, com certeza, o maior aumento foi pela presença de dores orofaciais. Com mais estresse, com o fato do enclausuramento, houve uma maior incidência de bruxismo, que é a patologia onde apertamos e esfregamos os dentes uns nos outros nos momentos de tensão, e/ou de total relaxamento, na hora do sono profundo. Investigando, e sentindo na própria pele, constatamos também que o uso frequente de máscaras contribuiu para que os pacientes tivessem dores na cabeça, e na face. O uso continuo ajudou a hipertrofiar a musculatura da face, pois o elástico faz com que a mandíbula faça musculação, pelo esforço contra o elástico da máscara. Eu senti isso, e os relatos dos meus pacientes foram quase uma unanimidade em relação ao tema.

Com essa tensão o bruxismo foi estimulado, e somado a outros estímulos e mudança de hábitos incorremos no envelhecimento precoce da cavidade oral, o principal assunto que vamos abordar hoje.

Mas qual a relação do envelhecimento precoce dos dentes, com a estética dental?

Com o passar dos anos, como tudo nessa vida, existe o desgaste natural dos dentes, a atrição, além dos hábitos, e ambos podem variar demais de paciente para paciente. Com a amplo aumento das academias e a busca por algum exercício, inclusive para nos sentirmos melhores fisicamente, houve grande mudança de hábito.

Nesse tipo de mudança de hábito, a cavidade oral, no todo, sofre, e os dentes podem pagar a conta. O problema é que novos hábitos, tais como a maior ingestão de suco de limão, a ingestão de alimentos mais ácidos e proteicos, fazem com que no estômago e na saliva ocorra alteração de Ph, tornando-os mais ácidos, além de causar a diminuição de fluxo salivar. Esse Ph mais ácido pode contribuir, junto com o bruxismo, para o desgaste acentuado e precoce dos dentes, ocasionando dores, desajustes oclusais e fraturas dentais - em dentes íntegros. Com essa redução no tamanho dos dentes por desgaste, a própria função começa a se modificar, podendo as fraturas e as dores serem recorrentes.

Mas o que isso tem a ver com estética?

Tem tudo a ver, pois com dentes mais curtos o paciente pode parecer muito mais velho do que é. Naturalmente os desgastes nos dentes, ao longo da vida, diminuem a distância entre o arco inferior e o arco superior, fazendo com que sobre mais tecido labial e perilabial. Muitos profissionais que trabalham com Harmonização Orofacial - HOF atuam de forma abrangente para a mudança dessa boca “murcha” e marcas de expressão.

A HOF trabalha para preencher o tecido da pele, por debaixo dela, com algum material que seja inerte ou que cause certa inflamação. Esse recurso, quando bem indicado, ajuda sim no rejuvenescimento, uma vez que a substância ocupa o lugar da gordura subcutânea, perdida ao longo da vida – que causam rugas, marcas de expressão e corroboram para o envelhecimento visual facial. Mas, se os dentes estão completamente desgastados eles vão contribuir fortemente para a sobra de tecido labial e mandibular - no arco inferior.

Observemos alguns exemplos de dentes desgastados, que diminuem o tamanho do rosto do paciente tornando-o visualmente mais velho. Reparem nas diferenças de idade. A mudança de fisionomia, em relação à jovialidade, foi visível.

O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES
Paciente Carlos Colombo
O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES
Paciente Carlos Roberto
O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES
Paciente Melina Frederico

Reparem que na primeira foto os dentes estão mais desgastados, e que isso faz diferença labial na relação com a segunda foto.

Nem sempre a perda é de altura, às vezes existe a perda de volume pelos hábitos da ingestão de alimentos que acidificam a saliva, somado ao uso de escovas de dentes duras e pastas de dentes muito abrasivas. Com isso, o volume vestibular da frente do dente pode estar desgastado, diminuindo o suporte labial – resultando uma face mais envelhecida.

E como eu posso e/ou devo rejuvenescer a face?

Sem dúvidas, os procedimentos de pele podem ajudar muito. Com a nossa forma de trabalho pensamos mais além, e indicamos primeiramente o rejuvenescimento dos dentes, da sua forma, volume e tamanho. Com isso trabalhamos na base primária do problema, para depois chegarmos no que recobre, a pele. Quando aumenta-se a distância entre os arcos inferior e superior, torna-se o rosto mais comprido - conferindo a jovialidade à face.

O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES

Mas doutor, você está afirmando que precisamos aumentar a altura da mordida de todos os pacientes?

Esse recurso é muito importante para pacientes que possuem perda de comprimento e/ou volume ou jamais desenvolveram essa dimensão adequada e que possuem alguma sensibilidade ou patologia nos dentes, na Articulação Temporo Mandibular - ATM, a articulação próxima ao ouvido.

E só por esse motivo que aumenta a altura do rosto?

Não. Esse é um dos motivos. Outro motivo é o reestabelecer a anatomia perdida, pois cada detalhe anatômico do dente tem uma função, triturar e/ou proteger os próprios dentes.

 

COMO É DEFINIDO O TRATAMENTO DE REJUVENESCIMENTO FACIAL?

Esse tratamento é planejado através de uma análise detalhada, onde concluímos o diagnóstico, por meio do qual é feita uma escultura, em que materializamos a nova forma e disposição dos dentes, consequentemente um novo sorriso. Essa nova escultura é transportada por meio de uma forma de silicone para a boca do paciente e é chamado de Protótipo Estético Funcional - PEF

Esse protótipo é uma maquete real que fica instalada por alguns dias na boca do paciente. Essa maquete possibilita a análise pelo paciente, por família e amigos, sobre a harmonia e resultado final da forma, cor, textura e nova altura do novo sorriso.

Essa etapa é importante pois dá oportunidade de alteração no planejamento, ou seja, é uma prova real da reabilitação, onde, se por ventura o paciente não aprovou, achou grande ou pequeno, pontudo ou muito arredondado, pode-se fazer qualquer alteração por se tratar de um “test-drive” das restaurações. Com a aprovação do paciente, segue-se para a confecção das facetas laminadas conhecidas popularmente como lentes de contato dentais.

O REJUVENESCIMENTO ATRAVÉS DOS SEUS DENTES
Paciente Evandro Clayton de Oliveira

E a escolha do material? Qual o melhor material para o meu tratamento?

Depende muito do caso, e para isso temos uma equipe capacitada, com um método próprio de construir a avaliação, o detalhadamente do caso, o diagnóstico dos problemas. A partir dessa avaliação minuciosa, fotográfica, por imagem estrutural, leitura intraoral eletrônica e exames tomográficos, escolhemos o tipo de tratamento e os melhores materiais para cada paciente.

Respondendo de forma direta, o melhor material é aquele que mais se assemelha com o dente natural, em cor e propriedades físicas biomecânicas. Isso é a odontologia biomimética, e poucos profissionais atuam dessa forma.

 

Você pode se interessar: LENTES DE CONTATO DENTAL

Gostou? Compartilhe:

Fernando Feitosa

Fernando Feitosa

Cirurgião Dentista CROSP 94772

• Técnico em prótese dentária desde 1991
• Mestre em Dentística/Estética
• Ministra cursos nacionais e internacionais em Odontologia Estética e Prótese Dentária
• Diretor científico da ABOE - Academia Brasileira de Odontologia Estética
• Membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética - SBOE.

Ver mais sobre: harmonização facial, harmonização facial ante e depois, harmonização facial homem, harmonização orofacial, rejuvenescimento facial, envelhecimento facial, estética dental, estética dental antes e depois